Sala de Troféus

 Sala de Troféus Josué Monteiro

 

“Durante dezenas de anos os troféus do Vitória estiveram expostos na sede do clube, na Rua de Bocage, antigo Palácio Salema. Mas por volta de 1971/72, a Direcção em exercício, decidiu mandar encaixotar os troféus e galhardetes, os quais foram para os baixos da bancada do Estádio do Bonfim, onde ficaram a estragar-se em cruel solidão e esquecimento.

Passados 6 anos, concretamente em 1976, uma assembleia de sócios com a Direcção quis saber qual o destino que pensavam dar ao valoroso conteúdo dos referidos caixotes, autênticos calabouços do já então grande património Vitoriano. Que não havia local nem possibilidades financeiras foi a resposta. De seguida veio a pergunta: Será possível arranjar uma comissão de sócios capaz de levar a bom porto a tarefa de construir uma sala própria e condigna para colocar tais troféus e galhardetes? O desafio foi por mim imediatamente aceite e ali mesmo se juntaram alguns bons amigos e formámos uma comissão de trabalho.

Pouco tempo decorrido ficou tal comissão empobrecida com o falecimento do saudoso amigo «Xico» Nascimento. Mas não só por isso, pois entretanto alguns abandonaram as tarefas e ficámos apenas cinco: Alcides Gomes, António Cordeiro, Ricardo Santos, Vítor Silva e eu próprio. Organizaram-se excursões, sorteios, espectáculos, pediram-se e obtiveram-se muitas ajudas. É evidente que surgiram muitos obstáculos e contrariedades. Mas tudo se ultrapassou sem que dos cofres do clube saísse uma moeda, construiu-se a Sala de Troféus que foi inaugurada em 17 de Junho de 1979. Tinham sido dispendidos mais de mil contos.

A tarefa porém não estava concluída. Era necessário cuidar da conservação da sala de troféus com um apoio constante. Entretanto de toda a comissão já só restavam três elementos, transformados com prazer e gosto em zeladores da riqueza vitoriana, acumulada por muitos feitos gloriosos: Alcides Gomes, António Cordeiro e Josué Monteiro. Em 1986 e porque felizmente o Vitória foi entretanto obtendo mais e mais troféus, chegou-se à conclusão de que a sala já era pequena e foi decidido aumentá-la para o dobro. Novos obstáculos, novos trabalhos. Deitar abaixo paredes, mudar a sala de convívio anexa para outro local, traçar planos e projectos, porque quando os homens querem e as vontades não faltam, as obras fazem-se. A 5 de Setembro de 1987 foi solenemente reinaugurada a nossa linda Sala de Troféus, orgulho do Vitória e da cidade de Setúbal.

Poderia a obra ficar por aqui, mas porque a única entrada era feita pelo corredor lateral interno e houve sempre um sonho de uma entrada mais nobre e digna, tivemos então em 1995 a felicidade de ter como vice-presidente da Direcção o digno Sr. Edgar Costa, o qual com a sua capacidade e dinamismo nos levou à concretização de tal sonho. Derrubaram-se paredes e escadas no topo da sala ficando assim nova entrada mais digna pelo hall já existente, possibilitando uma maior visão de toda a sala, cuja inauguração aconteceu em 18 de Novembro de 1995.

E… Viva o Vitória!

Josué Monteiro

 

Visitas

Neste momento a Sala de Troféus encontra-se encerrada para limpeza, inventário e modernização da exposição, de forma a melhorarmos a sua visita. Até breve!

 

Galeria de imagens