Vitória segue em frente na Taça

Categorias: Clube


2015.10.17 - Jogo CORvsVFC_3.ªElimTP 01

Vitória segue em frente na Taça após triunfo em Coruche

O Vitória assegurou a passagem à próxima eliminatória da Taça de Portugal, fruto de uma vitória por duas bolas a zero frente ao GD Coruchense, equipa que milita no CNS.

No relvado sintético do Estádio Municipal Prof. José Peseiro, a equipa da casa entrou empolgada e nos primeiros minutos de jogo criou, algum, frisson nas bancadas com duas jogadas rápidas, que levaram relativo perigo à baliza sadina.

No entanto a equipa do Vitória foi célere na resposta e numa excelente combinação entre André Horta, Arnold e André Claro, este último cabeceia com êxito à baliza coruchense, após cruzamento da direita do congolês. O Vitória colocava-se em vantagem no marcador à passagem dos onze minutos de jogo.

Decorria o minuto vinte e três quando o árbitro Nuno Almeida assinalou, bem, uma grande penalidade a favor do Vitória, na sequência de uma mão de um defesa do Coruchense dentro da área de rigor. Chamado a marcar o castigo máximo, André Claro desperdiçou a possibilidade de bisar e permitiu a defesa, a primeira de muitas, do guarda-redes de 19 anos, Gonçalo Guerra.

Ainda antes do intervalo, Quim Machado viu-se obrigado a mexer na equipa devido a um choque de cabeça, entre o central sadino, Frederico Venâncio e um jogador do Coruchense. François entrou aos 44’ para substituir o capitão do Vitória e pouco depois atingia-se o final do primeiro tempo.

Nos minutos iniciais da segunda parte (50’), o defesa do Coruchense, Obama, tem uma atitude irreflectida e agride André Claro, após uma disputa de bola, não deixando alternativa ao árbitro da partida senão expulsá-lo com o cartão vermelho directo.

Já depois de uma “mão cheia” de grandes intervenções do guarda-redes Gonçalo Guerra, que mantinha a sua equipa a sonhar com algo mais na partida, o defesa central senegalês, François (73’), sentenciou o jogo com a obtenção do 2-0 para o Vitória, após canto marcado da esquerda.

Triunfo sadino por dois golos sem resposta, perante uma bonita e incansável falange de apoio Vitoriana – cerca de quatrocentos adeptos – que permitiram a passagem à quarta eliminatória da Taça de Portugal, cujo sorteio se realiza na próxima sexta-feira, dia 23 de Outubro, na sede da F.P.F..

2015.10.17 - Jogo CORvsVFC_3.ªElimTP 01

O avançado André Claro inaugurou o marcador de cabeça decorria o minuto onze da partida.

2015.10.17 - Jogo CORvsVFC_3.ªElimTP 04O médio Costinha disputa o esférico com o jogador do Coruche, Prietos.

2015.10.17 - Jogo CORvsVFC_3.ªElimTP 02O jogo teve momentos de intensa luta entre os intervenientes da partida.

2015.10.17 - Jogo CORvsVFC_3.ªElimTP 06O capitão Dani conduz mais uma investida sadina ao meio campo adversário.

2015.10.17 - Jogo CORvsVFC_3.ªElimTP 03O defesa esquerdo Nuno Pinto subiu a preceito e quase marcava não fosse a excelente defesa do guarda-redes do Coruchense.

2015.10.17 - Jogo CORvsVFC_3.ªElimTP 12O apoio vindo das bancadas fez-se sentir e catapultou a equipa para a próxima eliminatória.

2015.10.17 - Jogo CORvsVFC_3.ªElimTP 11Cerca de 2.000 pessoas marcaram presença no Estádio Municipal Prof. José Peseiro em Coruche.

* Fotos por “João Dinis Fotografia”.

2015.10.17 - FolhaConstEquipaGDCvsVFC_3.ªElimTaçaPortugal



Deixe o seu comentário

Necessita de ter a sua sessão ligada para poder comentar.