Cantera Vitoriana continua a ser aposta

Categorias: Futebol


IMG_2913

Cantera Vitoriana continua a ser aposta

A juntar ao capitão Frederico Venâncio, ao avançado Mohcine Hassan e a outros casos de sucesso, a estratégia desportiva do Vitória não descura e torna cada vez mais efectiva a vertente na aposta nos jogadores oriundos da formação. Exemplos disso são as presenças, no estágio de pré-temporada em Fornos de Algodres, de Diogo Ferreira (guarda-redes), Gonçalo Duarte (defesa), André Pedrosa (médio) e Valdu (avançado), todos eles com contratos profissionais assinados recentemente.

A viverem o seu “conto de fadas”, tentámos perceber, junto das quatro jovens promessas, que sentimentos invadiam as suas almas nestes primeiros dias de trabalho com o plantel principal do Vitória: “Integrar a equipa principal do Vitória é um sonho tornado realidade. É sentir que alcançámos um dos grandes objectivos para quem anseia ser profissional de futebol. A forma como fomos recebidos por todos foi fantástica e os nossos colegas e equipa técnica fazem-nos sentir como iguais, ou seja, não nos tratam como os “miúdos que vieram dos juniores”, mas sim, como mais quatro jogadores que têm muita vontade de trabalhar e mostrar o seu valor”, afirmou Gonçalo Duarte, logo secundado pelos restantes companheiros.

O sucesso obtido por outros jogadores da formação do Vitória, num passado recente, é factor de grande motivação e encarado como uma oportunidade no futuro: “Quando estamos nos juniores ou nos juvenis e vemos que jogadores como Ruben Vezo, Ricardo Horta, André Horta, Frederico Venâncio ou Hassan, entre outros, fizeram o nosso trajecto e tiveram a sua oportunidade na equipa principal, dá-nos ainda mais vontade de trabalhar e sabemos que se tivermos qualidade, a oportunidade de mostrar o nosso valor surgirá de forma natural. É de enaltecer a aposta que o Vitória faz nos jogadores da formação”, refere entusiasmado o médio de 19 anos, André Pedrosa.

O vasto currículo do treinador José Couceiro, aliado à experiencia em trabalhar com jovens jogadores é também valorizado pelos ex-campeões de juniores, “Estamos no início mas percebe-se que é um grande treinador. É muito interventivo, corrige-nos no momento exacto e de forma positiva. Deixa-nos completamente à vontade, mesmo quando as coisas não nos saem bem e isso é muito importante para  o nosso crescimento”, elogiou o avançado Valdu, perante os acenos positivos dos colegas.

Já Diogo Ferreira, dos quatro o que tem menos tempo de Vitória, elogia a forma como foram integrados: “Sentimo-nos completamente à vontade e perfeitamente integrados. Os jogadores mais experientes têm um papel fundamental nesta adaptação. São dias de muito e sério trabalho mas muito importantes para aquilo que vai ser a época desportiva. O  espirito de grupo e a solidariedade vão sair reforçados depois deste estágio”, afirmou o guarda-redes de, apenas, 18 anos.

 

Jogo com o Arouca antecipado para este sábado às 18:00H

Entretanto, o jogo de preparação com o Arouca foi antecipado para este sábado, pelas 18:00H, no Estádio da AD Fornos de Algodres, local onde o Vitória se encontra a estagiar desde o dia 3 de julho.

A equipa do Vitória treina, ainda, no domingo de manhã e segue viagem de regresso a Setúbal nesse dia após o almoço, dando assim por concluído o estágio de pré-temporada em Fornos de Algodres.

 

IMG_2914O defesa direito, Gonçalo Duarte, refere que integrar o plantel principal é a concretização de um sonho.

IMG_2915André Pedrosa joga no meio campo e enaltece a aposta que os responsáveis do Vitória fazem nos jogadores da formação.

IMG_2916Ponta de lança, Valdu, tece rasgados elogios à equipa técnica e aos restantes companheiros.

IMG_2917O jovem guardião, Diogo Ferreira, refere que o espirito de grupo e a solidariedade vão sair reforçados deste estágio.



Deixe o seu comentário

Necessita de ter a sua sessão ligada para poder comentar.