“Queremos os adeptos felizes no regresso a casa”, José Couceiro

Categorias: Futebol


2016.08.14 - Foto VFCvsCFB 05

“Queremos os adeptos felizes no regresso a casa”, José Couceiro

O treinador do Vitória, José Couceiro, abordou a deslocação a Chaves para a Liga NOS e referiu que “iremos defrontar uma excelente equipa, que tal como o Vitória ainda não perdeu este ano. Conseguimos fazer um bom jogo no Estádio da Luz, com o Arouca também, mas não nos deixamos ir em euforias porque o Chaves é uma excelente equipa, que foi escolhida criteriosamente e tem um bom treinador. O Chaves teve capacidade para ir buscar muitos jogadores de qualidade. É uma equipa que nos vai criar imensas dificuldades como nós pensamos criar-lhes. O que nós temos de fazer? Temos de ser mais organizados, ter mais qualidade para trazer um resultado positivo. Vai ser complicado. Não podemos comparar este jogo com os anteriores. A equipa do Vitória terá de manter a esma atitude e criar, se possível, um futebol ainda de melhor qualidade”, dando a receita para o jogo, nesta que será a mais longa deslocação do Vitória para a Liga NOS.

O treinador de 53 anos não se coibiu de comentar o facto de o Vitória ter utilizado um grande número de portugueses nas primeiras três jornadas, revelando, inclusivé, alguma surpresa por tal facto; “Apenas reparei nesse dado, quando um jornal desportivo o mencionou durante esta semana. Não me sinto mais orgulhoso por isso. Não olho a nacionalidades. Tenho nove estrangeiros no plantel e o resto é português mas não há essa distinção, nem a de idades nem sequer a de estatuto. Temos um índice elevado de jogadores portugueses no plantel e portanto também é normal que joguem mais portugueses do que seria expectável. O que penso que é importante é perceber-se que as compensações que são devidas pela formação limitam muito o aparecimento de jogadores vindos de campeonatos inferiores. Mesmo as equipas de Primeira Liga, não têm capacidade para arriscar em jogadores que nós não sabemos se vão chegar a um nível que nós não compreendemos e estarmos a pagar compensações obrigatórias tão elevadas. Portanto, é bom que se pense nisso numa forma séria e perceber que se um jogador chegar a um nível elevado, sou da opinião que deve haver uma compensação monetária. Os muitos clubes que apostam no futebol jovem devem ser compensados mas deve criar-se uma regra diferente para aparecerem em primeiro plano esses jogadores portugueses que estão em campeonatos inferiores. Devemos analisar isto de uma forma estrutural e não de ano a ano, apenas, porque dá mais jeito a alguém. Com o talento que João Amaral tem, deveria ter aparecido há cinco anos e não agora, aos 25, por exemplo. É lamentável que percam tanto tempo para chegar a um futebol de primeiro nível”, tocando num assunto chave e que deveria ser alvo de um debate mais aprofundado, a bem do Futebol Português e dos jovens valores nacionais.

Questionado sobre o facto dos adeptos Vitorianos se deslocarem a Chaves, num jogo a muitos quilómetros de distância e agendado para as 20h15 de domingo, José Couceiro mostrou-se emocionado mas não espantado pela entrega e dedicação desta fantástica massa associativa: “A mim diz-me tudo. A minha primeira palavra é de agradecimento para esses adeptos. Nós próprios decidimos que a equipa ficaria lá em cima. Vamos pernoitar próximo de Chaves e iniciamos a viagem de regresso na segunda-feira de manhã. Entendi que a equipa iria sofrer um desgaste muito grande até porque vamos jogar no sábado seguinte. Para esses adeptos, quem vai trabalhar na manhã seguinte, é demonstrativo de um amor fantástico ao V. Setúbal. Vamos empenhar-nos para que, no mínimo, façam felizes a viagem para casa”, ambicionou.

O jogo entre o Chaves e Vitória realiza-se domingo, pelas 20h15, no Estádio Municipal Eng.º Manuel Branco Teixeira, em Chaves, num jogo que terá a arbitragem de Tiago Antunes, da Associação de Futebol de Coimbra.

2016.08.14 - Foto VFCvsCFB 05José Couceiro promete empenho máximo para continuar na senda dos bons resultados.



Deixe o seu comentário

Necessita de ter a sua sessão ligada para poder comentar.