Guilherme Souza vence em França e Ana Cachola volta lesionada do Estágio

Categorias: Judo,Modalidades


Judo Vitoria FC
Guilherme Souza vence em França

Guilherme Souza, um dos mais promissores juvenis do Judo do Vitória, venceu no passado domingo, em França, a “Coupe Internacionale de Capbreton”, integrada no Circuito Aquitain Minimes para juvenis, levando de vencida todos ao adversários que lhe calharam em sorte.

Guilherme Souza - Medalha de Ouro

Mesmo com algum cansaço acumulado por uma viagem desgastante, o fantástico “Gui”, de doze anos, derrotou os melhores judocas franceses da região sudoeste de França, no coração do País Basco Francês, trazendo para Setúbal e para o Vitória mais uma Medalha de Ouro, importante porque obtida num país onde o Judo é praticado desde a escola primária e onde existem mais de meio milhão de praticantes inscritos na federação francesa e cerca de 32.000, mais do dobro de todos os praticantes portugueses, só na Liga Aquitain!

A sua categoria de peso, a de menos de 42Kg, contou com a presença de 21 atletas, oriundos de França, Espanha e Portugal.

Esta deslocação insere-se na tentativa de conferir, desde cedo, experiência internacional aos atletas que fazem competição para capitalizar esse efeito nas competições nacionais que eles disputarão já com outra confiança técnica e psicológica.

O atleta foi acompanhado e orientado pelo treinador, Mestre Tiago Lopes, que se mostrou muito satisfeito com o desempenho do jovem judoca que não pára de subir ao mais alto degrau do pódio já que vinha de uma vitória no último torneio que disputara.

O treinador Tiago Lopes com o judoca Guilherme Souza

O Vitória e a sua Secção de Judo querem expressar publicamente o seu agradecimento aos Srs. Ander Goikoetxea, Ronaldo Veitía Quiñones e respectivas famílias pelo magnífico apoio prestado ao atleta e ao seu treinador durante a estadia destes em França.

Muito Obrigado!

Parabéns Guilherme, parabéns a todos que contribuíram para esta vitória!

 

 

Ana Cachola volta do Estágio de Paris lesionada

De França não vieram só boas notícias mas, infelizmente, também outras menos boas.

Ana Cachola, a mais categorizada judoca do Vitória, regressou a Portugal no final de quase uma semana em Paris, no Estágio Internacional IJF que se segue ao torneio mais forte do mundo do Judo, o Grand Slam de França, com uma lesão num joelho contraída durante um treino.

Com sinais de gravidade que preocupavam e muitas dores, Ana foi já vista pelos médicos da Federação Portuguesa de Judo e será reavaliada no início desta semana, após realizar exames complementares de diagnóstico.

A primeira avaliação afastou, quase por completo, a possibilidade de a lesão ter afectado algum dos ligamentos cruzados o que, a ter acontecido, implicaria uma paragem com cirurgia e recuperação muito morosa mas manteve um prognóstico reservado que só será clarificado após a realização dos exames.

Diga-se que esta lesão vem na pior altura, quase no início do período de qualificação para os Jogos Olímpicos que decorrerá a partir de Maio Próximo.

O treinador, Tiago Lopes e os responsáveis da Secção de Judo esperam que a boa forma desportiva demonstrada pela atleta nesta fase não seja muito afectada por esta arreliadora lesão e que Ana Cachola possa continuar a desenvolver a sua preparação já programada, embora seja muito difícil que a atleta esteja presente na próxima prova que previra disputar, o Grand Prix de Dusseldorf.

Ana Cachola veio de Paris lesionada

 

 



Deixe o seu comentário

Necessita de ter a sua sessão ligada para poder comentar.