Vitória mantém-se na elite das areias

Categorias: Futebol de Praia


fut praia_agosto2016
Futebol de Praia Sadinos continuam no primeiro escalão da modalidade, após vencerem Varzim à beira-Sado, por 2-1. Guarda-redes italiano foi o herói do encontro

O reforço de última hora, vindo de Itália, fortaleceu a equipa de futebol de praia do Vitória no jogo onde se decidia a permanência entre a elite.
Alessio Battini começou por dar nas vistas com um magnifico golo de baliza a baliza, quando apenas se tinha disputado um minuto e 13 segundos do primeiro período. Só isso lhe daria estatuto de uma das figuras do encontro, mas assumiu o papel de protagonista ao defender quase tudo, mesmo quando parecia impossível.
O desempenho do guarda-redes italiano conquistou as cerca de mil pessoas que estiveram no Complexo de Praia do Parque Urbano de Albarquel, entre as quais o presidente sadino Fernando Oliveira e as claques Ultras, Grupo 1910 e VIII Exército.
Já depois do capitão Nuno Tavares ter aumentado a vantagem, ainda na etapa inicial, o Varzim apareceu forte no segundo período e reduziu para 2-1, na única bola que Battini não conseguiu defender. Com incerteza no resultado até ao final, viveu-se uma terceira parte repleta de emoção, com possibilidades de o Vitória fazer o 3-1 – Nuno Tavares dispôs de uma grande penalidade, mas deixou o tempo passar – e do Varzim chegar ao empate. Numa fase em que o público se fazia ouvir a alta voz, o fim da partida trouxe a notícia que todos queriam: a equipa de futebol de praia do Vitória permanece na Divisão de Elite.

Presidente orgulhoso: “Foi um jogo muito interessante, no qual tivemos um bom comportamento e merecemos ganhar. Está de parabéns esta equipa fantástica e muito bem comandada. Estamos orgulhosos”,afirmou no final do encontro.
Também o treinador vitoriano, Meca, transmitia satisfação e orgulho. “Fizemos um primeiro período sensacional. Dois ou três jogadores sentiram desgaste no segundo, e no último
período fizemos crer a eles que, mesmo cansados, eram os mais úteis que tínhamos, e tivemos de aguentar”, analisou, destacando também o desempenho do seu guarda-redes:
“Em cinco minutos, fez cinco ou seis defesas sensacionais, e não sei se outro guarda-redes as conseguiria fazer. Esteve muito bem na baliza e marcou um grande golo. Ele tinha-nos dito que ia marcar.”

fut praia_agosto2016 fut praia1_agosto2016

O Setubalense, edição 375, dia 22 de Agosto de 2016



Deixe o seu comentário

Necessita de ter a sua sessão ligada para poder comentar.