2004-2020

GLÓRIA E INSTABILIDADE



Em 2003-04, o Vitória regressa à 1ª Divisão para não sair durante as próximas 16 épocas isto apesar das crises financeiras que assolaram o Clube de forma mais recorrente. Em 2004-05, o Vitória Futebol Clube regressa ao Jamor, 38 anos depois da sua última presença e para conquistar a 3ª Taça de Portugal da sua história, qualificando-se ainda para a Taça UEFA! Os golos de Manuel José e de Meyong fizeram explodir a cidade em festa, na recepção a um troféu que escapava ao Vitória desde 1967!


No ano seguinte, uma equipa bem trabalhada por Norton de Matos permitiu ao Vitória andar toda a 1ª volta do campeonato sempre nos primeiros lugares e durante semanas foi apelidada pela UEFA, como a melhor defesa da Europa em conjunto com os ingleses do Arsenal, sofrendo apenas 3 golos nas primeiras 14 jornadas do campeonato!


Na altura em 3º lugar do campeonato, a equipa vê sair jogadores e equipa técnica invocando salários em atraso. Por esse motivo, o desempenho do Vitória torna-se irregular no campeonato, no entanto, na Taça de Portugal o Vitória alcança outra vez a final, ao vencer o Vitória de Guimarães no Bonfim nas meias finais. Um golo de Auri no prolongamento levou o jogo para as grandes penalidades e as mãos de Rubinho carimbaram o passaporte para a final da Taça de Portugal. Na final, o FC Porto leva a melhor vencendo por 1 a 0, no entanto o remate à barra de Carlitos ainda com o resultado em branco, podia ter tido outra sorte…


Dois anos depois em 2007-08, a Liga Portuguesa de Futebol Profissional institui um novo troféu oficial, a Taça da Liga. Sob a batuta de Carlos Carvalhal, o Vitória vence a 1ª Taça da Liga, fica em 6º lugar no campeonato e alcança as meias-finais da Taça de Portugal, numa equipa com Eduardo, Sandro, Claúdio Pitbull, Matheus, Edinho e Ricardo Chaves.


Após esta época, seguiu-se um período com algumas dificuldades para se conseguir manter na 1ª Divisão, mas sempre alcançando a permanência mesmo que em algumas épocas, esta tenha sido in extremis na última jornada. No entanto, contou com boas presenças nas taças, como foi o caso da Taça de Portugal em 2010-11 ao atingir os Quartos de Final e da Taça da Liga, atingindo as Meias-Finais em 2014-15 e 2016-17 e sendo finalista em 2017-18.
FESTEJOS DA CONQUISTA DA TAÇA DE PORTUGAL, 2005
ADALTO EM AÇÃO FRENTE AO RIO AVE, 2005-06
GOLO DE GONÇALO PACIÊNCIA NA FINAL DA TAÇA DA LIGA DE 2018
EQUIPA VENCEDORA DA TAÇA DA LIGA, 2008
P