Direção do Vitória FC apresentou cumprimentos ao Executivo da Câmara Municipal de Setúbal

Categorias: Clube


1-2019

A nova Direção do Vitória FC, presidida por Vítor Hugo Valente, apresentou hoje cumprimentos ao Executivo da Câmara Municipal de Setúbal, numa cerimónia realizada no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

No seu discurso, Vítor Hugo Valente salientou a necessidade de o Vitória FC reforçar a sua ligação às pessoas, à Cidade, ao Concelho e à Região, insistindo num objetivo prioritário: recuperar os sócios que, por um motivo ou por outro, se afastaram do Clube.

“Na minha opinião, para ser sincero, acho que foi mais o Clube a virar as costas aos sócios e à Cidade do que o contrário. E cabe-nos a nós, vitorianos, todos juntos, sermos o motor que vai gerar a energia necessária para inverter esse ciclo. Temos que voltar a ter, urgentemente, o Vitória e a Cidade unidos em comunhão”, disse o Presidente do Vitória FC, considerando que o Clube e a Autarquia devem ser parceiros com um objetivo comum: “Fazer uma Cidade melhor”.

A Presidente da Câmara, Maria das Dores Meira, desejou aos novos dirigentes vitorianos sucesso na sua tarefa, porque “a cidade, o concelho, precisam de um Vitória forte, seja nos relvados, seja nas modalidades que pratica, seja na sua gestão quotidiana”, acrescentando: “Precisamos de sucessos à altura da grande cidade europeia que somos. Creio que o Vitória é capaz disso”.

“Faço uma saudação muito especial e muito sentida ao meu amigo Vítor Hugo Valente e a todos estes vitorianos que tiveram a coragem de assumir, de forma valente, esta missão tão difícil de gerir o Vitória Futebol Clube”, considerou a edil, frisando que a Direção do Vitória FC enfrenta “difíceis responsabilidades” e “tem pela frente muito, muito trabalho”, porque “o Clube tem muitos problemas por resolver”.

Maria das Dores Meira prometeu cooperação por parte da Câmara Municipal com o Vitória FC: “Da nossa parte apenas podem esperar a continuidade de um relacionamento franco e aberto, de uma disponibilidade permanente para ajudar o clube no exato contexto das nossas capacidades e possibilidades”, disse.

 

LEIA NA ÍNTEGRA O DISCURSO DO PRESIDENTE VÍTOR HUGO VALENTE:

 

“Exma Sr.ª Presidente da Câmara Municipal de Setúbal

Exmos Srs. Vereadores

Exmos. Srs. Convidados

 

Em primeiro lugar, agradecemos à Sr.ª Presidente da Câmara Municipal, Dr.ª Maria das Dores Meira, por hoje receber a Direção do Vitória Futebol Clube nos Paços do Concelho.

É um sinal claro da importância que a Câmara Municipal de Setúbal atribui ao Vitória, facto que nos sensibiliza, por um lado, mas também nos recorda a responsabilidade que temos relativamente à Cidade e ao Concelho.

 

Tomámos posse imediatamente após a proclamação dos resultados eleitorais, porque assim determinam os estatutos, mas também porque tínhamos necessidade de começar a trabalhar imediatamente.

A isso obrigava a resolução premente dos assuntos do Vitória.

Fazíamos, também, questão de tomar posse perante os sócios, porque o Vitória Futebol Clube tem de reaproximar-se urgentemente dos sócios e dos adeptos, tem de cuidar do coração que o faz viver.

 

Nestas primeiras quatro semanas de trabalho preocupámo-nos principalmente em conhecer os cantos à casa, as pessoas que lá trabalham, em resolver os problemas mais imediatos e em dar início a um processo de estabilização e reorganização do Vitória Futebol Clube.

Há muita coisa a fazer no Vitória Futebol Clube. Umas com toda a urgência, outras com mais tempo. E vamos fazê-las!

Mas nunca iremos deixar que a nossa atenção se desvie de uma prioridade: a necessidade de reforçar a ligação do Vitória Futebol Clube às pessoas, à Cidade, ao Concelho e à Região, porque temos a perfeita noção de que um clube desportivo é feito por pessoas e para as pessoas.

Queremos que os Setubalenses voltem a ter orgulho nas listas verde e brancas, que vão ao Estádio do Bonfim e ao Pavilhão Antoine Velge, que acompanhem as equipas do Vitória – das várias modalidades, não apenas de futebol – por esse país fora.

Queremos que os Setubalenses voltem a vibrar com o Vitória e o sintam como um fator de identidade coletiva de uma Cidade, um Concelho, uma Região.

Para conseguirmos isso temos de pensar que o Vitória Futebol Clube tem de ser uma instituição ao serviço da comunidade.

 

Embora tenhamos a perfeita noção de que o futebol profissional é o verdadeiro motor do Clube e é essencial para a sua afirmação desportiva e social, o Vitória Futebol Clube não deve limitar-se a ser um produtor de espetáculos de futebol profissional.

Antes pelo contrário!

Deve investir com critério na formação, desportiva e humana, de jovens atletas;

Deve apostar nas modalidades, consolidando as que já tem e acrescentando-lhes outras;

Deve ser um Clube solidário e socialmente interventivo;

Enfim, deve ser um farol para todos quantos gostam de Desporto e do Movimento Associativo.

 

Mas – insisto! – o problema que temos de resolver em primeiro lugar é recuperar os nossos associados: temos que fazer regressar à família vitoriana aqueles que, em função de motivos e circunstâncias vários, deixaram o Clube.

Na minha opinião, para ser sincero, acho que foi mais o Clube a virar as costas aos sócios e à Cidade do que o contrário. E cabe-nos a nós, vitorianos, todos juntos, sermos o motor que vai gerar a energia necessária para inverter esse ciclo. Temos que voltar a ter, urgentemente, o Vitória e a Cidade unidos em comunhão.

Nós vamos fazer tudo, com todas as nossas forças e o melhor da nossa criatividade, para que os nossos consócios voltem ao Clube e para que surjam também novos sócios.

Sendo sócia do Vitória Futebol Clube, a Senhora Presidente – e, por conseguinte, a Câmara Municipal de Setúbal – é um exemplo da ligação entre as pessoas, as instituições e o Clube.

É esse exemplo que queremos ver seguido por muitos mais milhares.

 

Senhora Presidente,

Senhores vereadores,

Senhores convidados,

O nosso propósito é restaurar o Vitória, voltando a colocá-lo em patamares sociológicos e desportivos que honrem a sua história.

Temos a certeza de que podemos continuar a contar com o apoio da Câmara Municipal de Setúbal, assim como a Câmara Municipal pode contar com a nossa total disponibilidade para a apoiarmos nas suas iniciativas em áreas em que atuamos.

Para nós, a Câmara Municipal de Setúbal e o Vitória Futebol Clube serão sempre dois parceiros com um objetivo comum: fazer uma Cidade melhor.

 

Muito obrigado!”

1-2018_01_12_Apresentação de cumprimentos da Direção do VFC à CM Setúbal_3 1-2018_01_12_Apresentação de cumprimentos da Direção do VFC à CM Setúbal_5



Deixe o seu comentário

Necessita de ter a sua sessão ligada para poder comentar.