Futebol | André Sousa ficou ‘feliz’ pela estreia e diz que equipa está ‘pronta’ para Paços de Ferreira

Categorias: Futebol


1-16 - André Sousa

André Sousa ficou “feliz” pela estreia na equipa profissional do Vitória FC, no triunfo de domingo sobre o Sporting de Braga no Bonfim (2-0), e garante que a equipa “está pronta” para lutar pelos três pontos em Paços de Ferreira.

Na antevisão do jogo de sexta-feira (20h30) no Estádio Capital do Móvel, que abre a sexta jornada da Liga NOS, o internacional Sub-20 afirmou que, após a obtenção da primeira vitória no campeonato de 2017/2018, a semana de trabalho “foi tranquila” e sublinhou: “Vamos ter um jogo difícil, mas estamos prontos”.

“Qualquer jogo é sempre difícil. Trabalhamos sempre para o mesmo, que é ganhar, e acho que a equipa está pronta. É sempre bom trabalhar depois de uma vitória”, disse André Sousa, de 19 anos, para quem o Paços de Ferreira “é uma boa equipa”.

“Pode estar nos últimos lugares, mas é sempre difícil, ainda por cima na Mata Real. Vai ser um jogo difícil, como todos os outros, mas nós estamos preparados. Jogámos sempre bem, contra o Chaves, contra o Belenenses, até mesmo contra o Sporting. Faltou aquela sorte na finalização, mas acho que isso está encaminhado”, reforçou.

Recordando a estreia na equipa profissional frente ao Sporting de Braga, André Sousa afirmou que na altura sentiu-se “feliz por ter entrado e podido ajudar a equipa”, adiantando: “Todos trabalhamos para estarmos preparados para jogar a qualquer altura. Comecei a treinar com a equipa na época passada, em janeiro, a oportunidade chegou e aproveitei o momento”.

O médio formado no Vitória FC, que frente aos bracarenses atuou como lateral esquerdo e no final recebeu do treinador José Couceiro “os parabéns por ter feito um bom jogo”, admitiu que “só ao início” sentiu algum nervosismo, mas superou-o com a ajuda dos companheiros de equipa e o apoio dos adeptos.

“Com o apoio da equipa e dos adeptos, que também ajudaram muito, aguentei, não tive pressão, fiz o meu jogo…”, referiu, lembrando que na formação atuou várias vezes como lateral esquerdo: “Joguei nessa posição na formação, quando fui para o Benfica. É uma posição que já conheço e nos últimos anos, aqui nos juniores do Vitória, fui fazendo a posição de lateral esquerdo. Sempre que algum colega se lesionasse eu ia lá para ajudar a equipa”.

Admitindo que ainda é pouco conhecido na cidade de Setúbal e respondendo com um “vamos ver…” quando questionado sobre se também poderia chegar a capitão de equipa do Vitória FC, seguindo as pisadas do pai, Hélio Sousa, o número 16 vitoriano adiantou como objetivos pessoais para esta época “conseguir fazer mais jogos, para ajudar a equipa, tentar ser titular e ser convocado mais vezes para a seleção”.

“Vou continuar a trabalhar, um passo de cada vez. Agora é o Paços de Ferreira e acho que estou pronto para jogar de início. Se não for titular, estou lá para ajudar a equipa”, disse, admitindo que espera “um dia” poder igualar “grandes referências” do clube, como o pai, Frederico Venâncio ou Ruben Vezo.

1-16 - André Sousa-001



Deixe o seu comentário

Necessita de ter a sua sessão ligada para poder comentar.