Futebol | Vitória vence Tondela e termina Liga NOS no 14.º lugar

Categorias: Futebol


1-2018_05_13_VFC-CDT (1-001

Um golo marcado por André Pereira, aos 23 minutos, permitiu hoje ao Vitória FC derrotar o CD Tondela por 1-0 no Bonfim, na 34.ª e última jornada, e terminar a Liga NOS no 14.º lugar, garantindo assim a permanência no principal campeonato português de futebol.

Já depois de o árbitro Luís Godinho ter anulado um outro golo de André Pereira, assinalando um fora de jogo a Vasco Fernandes, Arnold e Patrick combinaram bem do lado direito e o lateral brasileiro cruzou rasteiro para, à boca da baliza, o ponta-de-lança concretizar o tento que fez a diferença no encontro.

André Pereira ainda acertou na trave antes do intervalo, na conclusão de um rápido contra-ataque, mas o resultado haveria de não sofrer mais alterações, com a equipa vitoriana, apoiada por mais de 6.000 incansáveis adeptos, a controlar o jogo até ao final.

No final, José Couceiro agradeceu aos adeptos o apoio prestado, recordando que, mesmo depois da derrota sofrida em casa frente ao CD Feirense, no Dia do Vitoriano, hoje fizeram “uma receção fantástica” à equipa antes do jogo, quando esta chegou a Setúbal, de regresso do estágio de Troia.

“Estou muito satisfeito por o Vitória ficar na primeira Liga, era fundamental para o Vitória ficar na primeira Liga”, disse o treinador, depois de o plantel lhe ter dado um autêntico banho na sala de imprensa, acrescentando: “Tenho a desilusão de não termos ganho a Taça da Liga. Tudo fizemos para ganhar, arriscámos o que tínhamos de arriscar, não tivemos aquela estrelinha, mas é muito mais importante o Vitória ficar na primeira Liga”.

Classificando a temporada como “difícil”, deu os parabéns aos jogadores, à sua equipa técnica e a todo o staff, porque “foram fantásticos”, e, estando em final de contrato, anunciou que deixa o comando técnico do Vitória FC: “Eu não tenho condições para continuar no Vitória. Há formas diferentes de ver as coisas, nós temos que respeitar e respeito isso”.

“O Vitória de Setúbal é um grande clube, de uma excelente cidade, com condições fantásticas. Condições estruturais não, mas há apoios para se conseguir melhorá-las, estou crente nisso. Temos condições geográficas fantásticas, há muito poucos adeptos como os nossos… O Vitória tem dificuldades, mas tem muito boas condições para ultrapassar essas dificuldades e eu serei o primeiro a torcer pelo Vitória”, concluiu.

 

Sob arbitragem de Luís Godinho (AF Évora), a equipa do Vitória FC alinhou com Cristiano, Patrick, Nuno Reis, Yohan Tavares, Vasco Fernandes, José Semedo, Arnold (Edinho, 82’), Costinha, Nuno Pinto (Wallyson, 81’), João Amaral (André Pedrosa, 62’) e André Pereira.

1-2018_05_13_VFC-CDT (1-0)_Adeptos1-2018_05_13_VFC-CDT (1-0)_Festa do golo1-2018_05_13_VFC-CDT (1-0)_Equipa agradece aos adeptos1-2018_05_13_VFC-CDT (1-0)_Equipa1-2018_05_13_VFC-CDT (1-0)_André Pereira1-2018_05_13_VFC-CDT (1-0)_José Couceiro



Deixe o seu comentário

Necessita de ter a sua sessão ligada para poder comentar.