OCEANA ZARCO 11 ANOS DE SAUDADE

UNIDOS E FOCADOS NOS OBJETIVOS
10 Janeiro, 2019
VITÓRIA NO “AQUI PORTUGAL”
11 Janeiro, 2019

OCEANA ZARCO 11 ANOS DE SAUDADE

Faz hoje 11 anos que os vitorianos se despediram de Oceana Zarco, a primeira mulher ciclista federada em Portugal. Oceana Rosa de Sousa Zarco nasceu em Setúbal, a 11 de abril de 1911 e faleceu na cidade que a viu nascer a 11 de janeiro de 2008.

Terá sido o seu padrasto, João Duarte, o grande impulsionador da sua carreira. Era dono de uma loja de bicicletas na Avenida Luísa Todi, e ensinou-a a pedalar ainda criança.

Aos sete anos, Oceana já se deslocava para a escola de bicicleta, o que era muito invulgar naquela época. Com apenas 10 anos de idade, integrou a equipa de ciclismo do Vitória Futebol Clube, o único emblema que representou em toda a sua carreira desportiva.

Iniciou o seu percurso profissional em 1925, com apenas 14 anos, treinada por Arthur John e ao lado dos seus colegas masculinos, envergando o mesmo equipamento (calções e camisola de manga curta), corria numa bicicleta, igualmente, masculina.

Entre 1925 e 1929 conquistou a III Volta a Lisboa e a I Volta ao Porto, ambas em 1926, e a I Volta a Setúbal, em 1929, na qual participaram ainda somente três atletas femininas. Porém, foi forçada a abandonar o ciclismo nesse mesmo ano de 1929.

Encerrado o seu ciclo desportivo, Oceana Zarco optou pela enfermagem, profissão que haveria de exercer ao longo de aproximadamente 30 anos e que abraçou com um grau de entusiasmo e rigor em tudo comparável ao ciclismo.

A 9 de Março de 1991, foi homenageada pelo Movimento Democrático de Mulheres. A 8 de Abril de 2005, coube à Câmara Municipal de Setúbal, à Associação de Ciclismo do distrito de Setúbal e à Federação Portuguesa de Ciclismo prestar-lhe o devido tributo, a que se juntou também o reconhecimento por parte do Vitória Futebol Clube.

Os comentários estão fechados.